1. (11)

Glaucoma

O glaucoma é uma doença ocular causada, principalmente, pela pressão intraocular, que provoca lesões no nervo ótico e, como consequência, pode comprometer a visão. Se não for tratada, pode chegar à cegueira. Segundo um alerta da OMS (Organização Mundial da Saúde), são registrados 2,4 milhões de novos casos todos os anos, totalizando, em média, 60 milhões de pessoas no mundo.

Já, segundo números da Sociedade Brasileira de Glaucoma, a doença atinge 2% dos brasileiros acima de 40 anos. Os fatores de risco mais comuns são a hereditariedade, diabetes, traumas oculares e a idade superior a 35 anos. A medicina ainda não conseguiu compreender as oscilações, mas nem sempre o aumento da pressão dentro do olho está diretamente ligada à lesão do nervo óptico. Porém, de modo geral, quando há o bloqueio do fluido chamado humor aquoso, a pressão ocular aumenta e provoca danos no nervo.

Apesar de a doença ser caracterizada em adultos, é possível que acometa crianças, geralmente de maneira assintomática, mas que pode chegar a provocar danos no nervo óptico também.

Além disso, vale ressaltar que o glaucoma pode ser dividido em quatro tipos:

Onde encontrar tratamento e avaliação do glaucoma?

Atendendo desde recém-nascidos até idosos, o CCO Centro Oftalmológico atua na área de assistência médica oftalmológica. Contando com uma infraestrutura moderna, os profissionais estão prontos e preparados para melhor atender-lhe. Lembre-se! É importante ter um acompanhamento constante, pois cada caso é um caso e é necessário um atendimento personalizado. Entre em contato ou visite a unidade e invista na sua saúde.

Fique atento aos sintomas! Glaucoma é coisa séria

O glaucoma é uma condição ocular crônica que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

É uma doença silenciosa e progressiva que causa danos ao nervo óptico, resultando em perda gradual da visão.

O que leva uma pessoa a ter glaucoma?

O glaucoma ocorre quando há um aumento da pressão intraocular, que pode danificar o nervo óptico.

Essa pressão excessiva geralmente é causada pelo acúmulo de fluido nos olhos. Embora a pressão intraocular elevada seja um fator de risco comum, nem todos os casos de glaucoma estão associados a ela.

Fatores genéticos, idade avançada e certas condições médicas, como diabetes e hipertensão, também podem contribuir para o desenvolvimento do glaucoma.

Existem diversas causas associadas ao desenvolvimento do glaucoma.

A seguir, conheça uma lista com as principais causas dessa condição ocular:

Cada caso é único, e o diagnóstico deve ser feito por um oftalmologista com base em uma avaliação completa do histórico médico e exames específicos.

Quais são os sintomas mais comuns do glaucoma?

Os sintomas do glaucoma podem variar dependendo do tipo e estágio da doença.

Abaixo estão alguns dos sintomas mais comuns associados ao glaucoma:

Visão periférica comprometida

Um dos primeiros sinais do glaucoma é a perda gradual da visão periférica.

O paciente pode notar a formação de pontos cegos ou ter dificuldade em enxergar objetos ao redor.

Visão embaçada ou turva

À medida que a doença progride, a visão central também pode ser afetada, levando à perda gradual da nitidez e clareza visual.

Sensibilidade à luz

Algumas pessoas com glaucoma podem experimentar fotofobia, ou seja, uma maior sensibilidade à luz, tornando desconfortável ficar exposto a ambientes muito iluminados.

Dor ocular e dor de cabeça

Em alguns casos, o glaucoma pode causar dores oculares, dor de cabeça ou desconforto ao redor dos olhos.

Halos ao redor das luzes

Pacientes com glaucoma avançado podem notar a presença de halos ao redor de fontes de luz, como lâmpadas e faróis de carros.

É importante ressaltar que, em muitos casos, o glaucoma é assintomático nos estágios iniciais, o que torna ainda mais crucial a realização de exames oftalmológicos regulares para detectar precocemente a doença.

Como tratar o glaucoma?

Embora o glaucoma não possa ser curado, existem tratamentos disponíveis para controlar a pressão intraocular e minimizar a progressão da doença. O tratamento mais comum envolve a administração de medicamentos na forma de colírios, que ajudam a reduzir a pressão ocular.

Em alguns casos, procedimentos a laser ou cirurgia podem ser necessários para melhorar a drenagem do fluido e diminuir a pressão.

Além disso, é fundamental que os pacientes com glaucoma realizem exames oftalmológicos regulares para monitorar a progressão da doença e ajustar o tratamento conforme necessário.

Cuide dos seus olhos para um futuro melhor e mais saudável!

Com uma equipe de profissionais especializados, o CCO Centro Oftalmológico oferece assistência médica oftalmológica de qualidade para todas as faixas etárias.

Com uma infraestrutura moderna, a clínica está preparada para realizar diagnósticos e tratamentos personalizados para cada paciente.

Acompanhamento constante é essencial para a saúde ocular, e o CCO Centro Oftalmológico está pronto para atendê-lo. Entre em contato ou visite nossa unidade para investir na sua saúde visual.

Cirurgia de Glaucoma

Se o seu caso está avançado e precisa fazer cirurgia de glaucoma, é preciso primeiro passar por uma série de exames para que você esteja preparado, pois tal trat...

Ver Mais
Diagnóstico para Glaucoma

Se você está em busca do diagnóstico para glaucoma, precisa saber que um exame ocular, consegue fazê-lo, pois nele o médico examina o interior do olho. Ao olhar ...

Ver Mais
Diagnóstico para Glaucoma Grande São Paulo

O diagnóstico para glaucoma Grande São Paulo geralmente é feito através de exames oculares. O médico precisará examinar o interior do olho, observando-o atravé...

Ver Mais
Diagnóstico para Glaucoma São Paulo

Se você precisa realizar o diagnóstico para glaucoma São Paulo, é preciso passar por uma série de exames para a confirmação. Dentre os exames realizados para o...

Ver Mais
Glaucoma de Corticoide

Tratar o glaucoma de corticoide é muito comum, pois o uso de corticoide é um fator de risco para o surgimento da doença. Se não forem tratados adequadamente e de ...

Ver Mais
Glaucoma de ângulo Aberto

O glaucoma de ângulo aberto é difícil de ser descoberto a olho nu, isso acontece porque muitas pessoas não apresentam sintomas até o início da perda da visão, ...

Ver Mais
Glaucoma de ângulo Fechado

O glaucoma de ângulo fechado ocorre quando a saída do humor aquoso é subitamente bloqueada. Com isso, a pressão intraocular aumenta rapidamente, assim como a grav...

Ver Mais
Glaucoma Infantil

O glaucoma infantil é raro, atingindo uma taxa de 1 em 10 mil nascimentos. Isso porque é uma doença ocular que geralmente atinge pessoas com mais de 35 anos. Ele p...

Ver Mais
Tratamento a Laser para Glaucoma

Se você está em busca de uma clínica para tratamento a laser para glaucoma, conte com uma que é especializada no assunto. Tal doença ocular é caracterizada por ...

Ver Mais
Tratamento para Glaucoma

O tratamento para glaucoma depende do tipo e pode ser feito por meio de medicamentos ou até mesmo cirurgia, em alguns casos. O objetivo principal é reduzir a press...

Ver Mais
Tratamento para Glaucoma Cirurgia

Se você está em busca de tratamento para glaucoma cirurgia, é preciso contar com uma equipe médica especializada, bem como uma clínica que ofereça uma infraestr...

Ver Mais
Tratamento para Glaucoma Secundário

O tratamento para glaucoma secundário consiste no uso de colírios que diminuem a pressão intraocular e, sobretudo quando é possível o tratamento da doença que g...

Ver Mais